top of page
Buscar

Espadas Vikings - Loja Rei das Espadas

Letras promissoras, nitidez impressionante e um aço enigmático. O material das lendas. A espada Ulfberht parece ter sido tirada de um épico fantástico. No entanto, achados arqueológicos e registros históricos escritos fornecem evidências do fascinante pano de fundo do que é provavelmente a melhor espada do início da Idade Média na Europa.

ULFBERHT - MUITO À FRENTE DE SEU TEMPO

A espada Ulfberht teve seu apogeu entre os séculos VIII e XI. Isso faz com que os fãs de história se sentem e tomem nota. A era dos ataques e conquistas escandinavos caiu no mesmo período. Eles aterrorizaram o norte e o centro da Europa. Portanto, não é coincidência que a espada Ulfberht também seja conhecida como a "espada Viking". No entanto, qualquer um que imagine a ferramenta de corte rudimentar de supostos bárbaros não poderia estar mais longe da realidade histórica.

A espada Ulfberht estava mais de meio milênio à frente de seu tempo. Nunca houve uma lâmina mais robusta antes. Mas quais são as características especiais deste pioneiro tecnológico?

A espada do início da Idade Média

As espadas contemporâneas do início da Idade Média eram feitas de ferro carburado ou formas soldadas de aço composto. Na ausência de processos metalúrgicos avançados, a maioria dos ferreiros medievais não tinha como separar efetivamente o ferro extraído dos resíduos de rocha. A escória restante era transportada para os produtos forjados. Isso levou a lâminas porosas e inflexíveis. Isso só poderia ser remediado por técnicas de colagem de difícil acesso, como a damascinação. Várias camadas de metal de diferentes tipos eram soldadas umas sobre as outras em um processo complexo para compensar as desvantagens da matéria-prima. Um processo semelhante foi usado para as famosas lâminas de katana japonesas. Os ferreiros de Ulfberht não tinham esse problema.

Ao usar fornos aprimorados, os mestres da espada Ulfberht conseguiram extrair uma alta concentração de ferro do minério bruto. Por meio da adição direcionada de carbono, eles conseguiram criar aço de cadinho sólido que era adequado para a produção de lâminas extraordinárias. Graças a esse novo e bem protegido processo, os ferreiros não precisavam mais empilhar muitas camadas de ferro inferior umas sobre as outras. Em vez disso, eles trabalharam com uma única estrutura de material quase inquebrável que permitia lâminas particularmente flexíveis. Isso provaria ser uma vantagem indispensável nas campanhas.

A forma ideal

A espada Ulfberht não era feita apenas do aço mais excelente de sua época. Ela também tinha um formato inovador que provava sua superioridade no campo de batalha. Em contraste com outras espadas contemporâneas, a espada Ulfberht tinha uma lâmina fortemente cônica. A ponta resultante era capaz de penetrar entre os anéis da cota de malha. Experimentos mostraram que um golpe direcionado com uma espada Ulfberht pode até mesmo quebrar rebites individuais de uma armadura de cota de malha robusta. A armadura de placas da Alta Idade Média ainda não estava em circulação. Portanto, não havia armadura contemporânea que pudesse resistir à espada Ulfberht.

Naquela época, apenas um escudo defensivo era capaz de absorver os golpes mais pesados. Um escudo não era apenas um disco de madeira do qual os ataques inimigos ricocheteavam. Ele também podia pegá-los. Por exemplo, parando golpes na madeira. Para alguns atacantes, isso significava uma sentença de morte. Se a arma emperrasse, o portador do escudo poderia tomar a iniciativa, desequilibrar seu oponente e lançar um contra-ataque vigoroso. No entanto, qualquer um com uma espada Ulfberht era amplamente imune a esse destino. Em vez de ser arrastado pela arena pela madeira do escudo, o aço do cadinho era capaz de se dobrar com flexibilidade aos movimentos de luta. Isso tornou possível para o espadachim puxar a espada para trás de forma constante e manter a vantagem na batalha.

A lâmina cônica da espada Ulfberht tinha outra vantagem. O centro de gravidade da arma não ficava longe do punho. Isso proporcionava uma sensação melhor, pois a lâmina não ameaçava mais escorregar na mão do usuário devido ao seu próprio peso. Por outro lado, essa mudança de peso significava que era possível atacar a uma velocidade considerável com pouco esforço. O lutador podia confortavelmente alavancar sua lâmina no inimigo a partir do pulso e antebraço. Em lutas mais longas e em ataques, essa era uma vantagem de economia de energia e, portanto, vital. Enquanto outras armas de lâmina ameaçavam explodir em combate corpo a corpo, a espada Ulfberht provou ser virtualmente inquebrável.

Uma conquista global

A origem do aço de cadinho de alta qualidade é incerta. No entanto, há contos de antigas rotas comerciais para o Oriente. Nortistas e francos podem ter usado essas rotas para adquirir aço de cadinho e seus segredos em troca de peles europeias. Isso explicaria por que essa extraordinária matéria-prima só reapareceu na Europa muitos séculos depois. De acordo com essa teoria, os segredos metalúrgicos da antiguidade das costas orientais foram em grande parte responsáveis ​​pelos excelentes produtos dos mestres ferreiros europeus. Isso faz da espada Ulfberht uma conquista global de seu tempo. Mas quem foi esse Ulfberht?

Cada espada Ulfberht tem o mesmo nome misterioso dentro de seu fuller. Esculpir essas letras representava um grande risco para o ferreiro. Poderia enfraquecer a lâmina. Se ele cometesse um erro, ele só poderia ser corrigido derretendo completamente o blank. No entanto, o nome gozava de um status tão alto que era repetidamente encontrado nas lâminas de alta qualidade. O nome Ulfberht se origina do Império Franco. O trabalho intrincado e os custos astronômicos do material sugerem uma ferraria renomada ou um patrono rico.

Como uma das funções da igreja na época da espada Ulfberht era produzir armas - na luta contra os pagãos nórdicos - Ulfberht era possivelmente um abade ou bispo que encomendou as espadas. Mas com sucesso duvidoso. As armas rapidamente se encontraram nas mãos de seus inimigos. Independentemente da origem exata do nome, a espada Ulfberht se tornou um produto de marca respeitado. Vários ferreiros tentaram reproduzir a arma com aço inferior e enriquecer com as falsificações.

A espada Ulfberht - item de luxo e símbolo de status

A maioria dos guerreiros no início da Idade Média lutava com lanças ou machados . Espadas eram reservadas para a elite. Isso se devia em parte à difícil disponibilidade do material necessário e em parte às despesas envolvidas em sua fabricação. Mesmo entre as espadas, a Ulfberht marcou um auge sem precedentes do artesanato. Consequentemente, apenas a nobreza particularmente abastada tinha permissão para empunhar uma espada Ulfberht em batalha. Na melhor das hipóteses, ela não era usada e servia como um símbolo de status para a família do dono ou como uma insígnia para altos dignitários.

Então como agora, a espada Ulfberht inspira a imaginação. Numerosas referências pop-culturais têm suas origens aqui. O aço valiriano em "The Song of Ice and Fire" de George RR Martin ou o lendário Mithril são tão intimamente associados à espada Ulfberht quanto a lendária lâmina Balmung de Siegfried ou a lendária Excalibur.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Espadas - Loja Rei das Espadas

O QUE SÃO ESPADAS A espada é uma arma branca que consiste essencialmente em uma lâmina reta com um cabo e um vão positivo. De acordo com a definição estrita , sabres , katanas ( sabres japoneses), etc

As origens do Halloween

Figuras vestidas de bruxas ou esqueletos, abóboras sorrindo atrevidamente e muitos fantasmas: 31 de outubro é um dia mal-assombrado. Mas de onde vem o festival do horror? E há quanto tempo ele é popul

Armas Idade Media - Loja Rei das Espadas

A Idade Média sempre fascinou as pessoas, mas infelizmente muitos equívocos sobre essa era persistem. Especialmente quando se trata de batalhas, armas e armaduras, os clichês são generalizados. Neste

Comments


bottom of page